Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Jantar é às Oito

Dou por mim, muitas vezes, a pensar no que vai ser o jantar! É uma das refeições mais importantes, pelo menos para mim porque é aquela que fazemos em família, logo, deve ser uma hora feliz! E o que fazer para o jantar?

O Jantar é às Oito

Dou por mim, muitas vezes, a pensar no que vai ser o jantar! É uma das refeições mais importantes, pelo menos para mim porque é aquela que fazemos em família, logo, deve ser uma hora feliz! E o que fazer para o jantar?

Qui | 24.11.16

Coelho em Vinho Tinto

Calita

Hoje para jantar convido-vos a provar um coelho em vinho tinto, é um prato nada difícil, mas muito bom para quem aprecia esta carne. Cá em casa há quem não coma coelho, mas por aqui também há sempre outras alternativas!

Vamos lá então,

precisamos de um coelho partido em pedaços (10/12), duas cebolas, uma cabeça de alhos, três folhas de louro, dois cravinhos, 0,5L de vinho tinto,1 copo de vinho tinto, dois copos de água, 12 batatinhas novas( pequenas), azeite, sal, pimenta.

Primeiro deito o coelho numa taça, deito-lhe por cima a cebola cortada em meias luas fininhas, os alhos cortados em fatias, uma pitada de sal, o louro, e o 0,5L de vinho tinto com um copo de água.Deixa-se a marinar durante 3/4 horas (mínimo duas). Num tacho deita-se azeite e os cravinhos, e fritam-se levemente os pedaços de coelho, quando estão lourinhos deita-se por cima todo o liquido da marinada e acrescenta-se o restante vinho e água. Deixa-se cozer em lume médio. Passados 20 m de cozedura deitam-se as batatinhas e coze por mais trinta minutos. Retificam-se os temperos e está pronto a servir.

Bom Apetite

Seg | 21.11.16

Bacalhau com Broa e espinafres

Calita

 image.jpeg 

 Aqui por casa na noite de Natal há sempre bacalhau, e gosto especialmente de fazer um bacalhau com broa e espinafres que fica assim ...maravilhoso!

 

Para seis pessoas vamos precisar de duas postas grandes e altas de bom bacalhau, 1 kg de batatas, meia broa de milho, uma chávena de espinafres cozidos(escorridos), dois dentes de alho picados, uma cebola picada, 0.5l de molho bechamel, azeite, sal e pimenta q.b.

Começo por cozer o bacalhau, mas não muito, deve ficar durinho. Entretanto descascam-se as batatas e partem-se em cubos que se levam a fritar ligeiramente.

Num tacho deitamos um bom fio de azeite, a cebola picada e o alho que se deixam alourar, junta-se uma folha de louro, e o bacalhau desfiado em lascas grandes. Envolve-se tudo e mistura-se a broa migada. Rega-se com 1 dl da água da cozedura do bacalhau para que a broa amoleça.Depois de fritas retiram-se as batatas que se devem escorrer bem e envolvem-se com o bacalhau, mistura-se metade da porção do bechamel e retificam-se os temperos de sal e pimenta.

Deitamos metade da mistura de bacalhau num tabuleiro dispõem-se por cima os espinafres e deitamos por cima o restante bacalhau. Por cima rego com o restante bechamel e polvilho com a côdea da broa triturada grosseiramente.

Vai ao forno a dourar a broa!

Qua | 16.11.16

Cogumelos recheados

Calita

images (2).jpgimages (1).jpg

 

 

Está na altura de dar inicio às ideias doces e salgadas para o Natal! Vou começar por uma entradinha simples que costumo fazer e que faz as delicias de todos!

Cogumelos recheados com ovinhos de codorniz!

 

Vamos precisar de cogumelos portobello com cerca de 6/7 cm de diâmetro( um por cada pessoa) fiambre de aves picado, queijo ralado, ovos de codorniz (1 para cada cogumelo) oregãos,sal e pimenta.

Fazemos assim: Lavamos bem os cogumelos em agua a correr, nada de mergulhar os cogumelos em água porque eles são autenticas esponjas e absorvem tudo! Depois de lavados colocam-se numa travessa e levam-se ao forno por cinco minutos para secar a água. Passados esses cinco minutos retira-mo-los do forno, temperamos com sal e pimenta, recheamos com o fiambre picadinho, o queijo ralado, os oregãos e por cima deitamos um ovinho. Regamos com um fio de azeite e vão ao forno cerca de 15 minutos. E estão prontos a servir!

Seg | 14.11.16

Scones

Calita

 

scones.jpg

 

Ontem fiz uns scones que ficaram super bem, e a receita é muito simples. Vamos precisar de 280gr de farinha, 1 colher de sopa de fermento em pó, duas colheres de sopa de margarina, três colheres de sopa de açucar, 1 ovo inteiro e oito colheres de sopa de leite e uma pitada de sal. Numa tigela misturem a farinha peneirada com o fermento, o sal e o açúcar. Mistura-se a margarina fria, o ovo e o leite. Amassa-se e forma-se um rolo. Cortam-se fatias com dois centímetros e colocam-se num tabuleiro de ir ao forno, dando-lhes um pequeno golpe com a faca na parte de cima. Vão a cozer em forno bem quente, cerca de 15 minutos.

Com manteiga, doce ou em modo simples, ficaram deliciosos.

Beijos doces

Sex | 11.11.16

Tarte de Maçã

Calita

image.jpeg

Andei a semana toda, aqui por casa, a prometer uma tarte de maçã, e aqui está ela! Não é para me gabar mas acreditem que com muito poucos ingredientes esta minha tarte fica um arraso!

Para a massa precisamos de 250 gr de farinha sem fermento, uma colher de chá de fermento em pó, 125 gr de margarina fria, cortada em cubinhos, 1 dl de água, 2 colheres de sopa de açúcar e uma pitada de sal.

Deita-se a farinha na pedra, junta-se o sal e o fermento e o açúcar. Abre-se um buraco no meio, deitamos a margarina e mistura-se tudo com a ponta dos dedos até formar uma areia. De seguida deitamos a água e pressiona-se até fazer uma massa compacta. Deixa-se a descansar um bocadinho.

Entretanto vou descascar cerca de oito maçãs pequenas, retiro-lhes o caroço e parto em quartos. Rego-as com umas gotinhas de sumo de limão. Estendo a massa, forro uma tarteira ( deixo uma altura de massa com dois cm para fora da tarteira), e distribuo a maçã. Por cima polvilha-se com duas colheres de açúcar amarelo, quatro colheres de puré de maça e canela em pó. A massa que ficou de fora voltamo-la para dentro da tarteira e polvilhamos com açúcar amarelo.

Vai ao forno a 180º durante 40/45 minutos. De comer e chorar por mais, e tão simples!!

 

Seg | 07.11.16

Castanha Assada (no forno)

Calita

 

001cf1ed9d80fa4d7e22503099c81b9d.jpg

 

 

Um dos problemas que tenho com as castanhas tem a ver com o  facto de nem sempre a lareira estar acesa para  as poder fazer, logo o forno é uma solução, mas para que fiquem maravilhosas e suculentas devemos ter alguns cuidados. 

Para assar as castanhas no forno começo por lavá-las muito bem, dou-lhes um corte lateral e deixo-as em água e sal durante 15/20 minutos. Depois desse tempo, e com o forno bem quente nos 200º retiro a água às castanhas, deito-as num tabuleiro e volto a polvilha-las com sal grosso.

Ficam no forno à volta de 40 minutos, mas vamos sacudindo o tabuleiro de vez em quando. Quando estão assadas retira-mo-las do forno e tapa-mo-las com um pano turco e deixamos ficar por 10 minutos. Retira-se o pano e estão prontas a servir, vão ver que ficam estaladiças e que a pele sai com muita facilidade. Se gostarem de erva doce podem sempre polvilha-las e envolvê-las na erva doce assim que saem do forno.

Sex | 04.11.16

Sericaia

Calita

 

 

 

 

12803246_1693494310902370_7490424751944618489_n.jp12803246_1693494310902370_7490424751944618489_n.jp

 

Com o amanhecer mais cinzento apeteceu-me um doce mais aconchegante, um pouco excêntrico pela sua doçura, uma sericaia .É muito simples de fazer e fica deliciosa!

Deixo-vos a minha receita:

500 gr de açúcar

100 gr de farinha

12 ovos

7 dl de leite

canela em pó q.b. 

 

Primeiro vamos ligar o forno nos 170º. Levamos o leite ao lume até ferver. Numa tigela misturamos o açúcar com a farinha, juntamos as gemas e batemos bem. Adicionamos o leite em fio mexendo sempre. Quando o creme estiver bem misturado levamos ao lume a engrossar. Retira-se do lume e deixamos arrefecer. Entretanto batemos as claras em castelo e envolvemos no creme. Deitamos no tabuleiro e polvilhamos com canela. Com uma faca faço uns cortes pequenos por cima para que possa respirar e vai ao forno 35 minutos (mais coisa menos coisa!!)

Podem servir com ameixa em calda, mas para mim sirvo-a simples, não precisa de acompanhante!!

Qua | 02.11.16

Vitela Estufada em Vinho Tinto

Calita

image.jpegimage.jpeg

Adoro uma boa vitelinha estufadinha em vinho tinto, fica super macia, suculenta, derrete-se e deixa que se derretam com ela!!

 

Precisamos de 800 gr de vitela em cubos, maiores ou mais pequenos conforme o vosso gosto,(peçam no talho uma carne macia e sem nervos, que para stress já basta o resto e tanto!);

1 cebola média ;

4 dentes de alho;

1 folha de louro;

3 cenouras médias;

1 chávena de cogumelos brancos;

meia chávena de polpa de tomate triturada;

Dois copos de vinho tinto;

1 copo de água;

coentros frescos( facultativo);

sal e pimenta;

azeite q.b.

 

Num tacho começo por alourar a cebola bem picadinha em 4 colheres de sopa de azeite; deito o alho picadinho o louro e aloura tudo muito bem. Juntam-se os pedacinhos de carne que se temperam com sal e pimenta , deixam-se alourar. Depois de bem seladinhos juntam-se as cenouras cortadas em rodela e o tomate triturado . Deixa-se apurar por cinco minutos. Rega-se com o vinho tinto e se necessário deita-se um pouco de agua ao caldo.

Vai cozinhar por  50 minutos em lume brando. Deitam-se os cogumelos e cozem por mais 10 minutos. O tempo de cozedura pode variar, depende da dureza da carne.

Depois de bem cozinhada, retificam-se os temperos e apaga-se o lume e deitam-se coentrinhos picados. Uma maravilha dos deuses!

Para acompanhar podem servir uma batatinhas cozidas, fritas em cubinhos ou em rodelitas, para os mais ousados.

 

Bom Apetite

Ter | 01.11.16

Mariscadinha com Sapateira e Camarão

Calita

Hoje vou preparar uma sapateira cozida, ao natural, um camarão fresco cozido a acompanhar com uma maionese de alho, e para sobremesa bolachinhas com doce de framboesa ! Deixo o link: http://pinkjeans.blogs.sapo.pt/a-minha-receita-bolachas-de-manteiga-34351

 

Vamos precisar de uma sapateira inteira e fresca que vamos cozer em agua a ferver com cerca de três colheres de sopa de sal grosso. Assegurem-se que está morta antes de a colocarem na panela. Depois de 20 minutos a ferver retira-se da panela, escorre-se e deixa-se arrefecer. Depois de fria abre-se com cuidado, limpa-se de tripas, e reserva-se o interior para fazer uma pasta de marisco deliciosa, a que  vulgarmente chamamos "caquinha" !! Para fazer esta caquinha vou começar por picar o interior da sapateira muito bem, se tiver ovas melhor! Eu gosto dela ao natural, mas se preferirem podem juntar um ovo cozido bem picado, duas colheres de sopa de cerveja, temperar com sal e pimenta.

Quanto à sapateira cortem-na pelas patas e disponham-na numa travessa com a casca recheada com a caquinha. 

Para o camarão podem compra-lo já cozido ou fresco e cozê-lo em água a ferver com duas colheres de sopa  de sal durante dois minutos. Retiram-se diretamente para uma taça com água e gelo para que fiquem bem durinhos.

Para acompanhar fazemos uma maionese de alho: juntamos um alho pequeno muito bem picado a seis colheres de maionese simples, uma colher de café de salsa picadinha. Mexe-se tudo e voilá!! fica perfeita para colocar num pão torrado ou para acompanhar o camarão.

Bom Apetite

14914729_10154542185035535_200151124_n.jpg14886002_10154542168945535_1046674684_n.jpg